Skip links

Cinco equipamentos NPS® CC OPTIMAL purificam o ar no Hospital da Senhora da Oliveira, em Guimarães.

No Hospital de Guimarães há casos positivos para a COVID-19 e doentes em estado crítico. À semelhança de muitas outras unidades hospitalares, a preocupação de tratar os pacientes infetados é acompanhada pela necessidade de impedir a contaminação dos profissionais de saúde e das outras áreas do hospital, o que pode ocorrer pela rede de ventilação.

Essa preocupação está na base dos cinco purificadores NPS® CC Optimal, da OCRAMclima, que se encontram agora ligados à corrente do hospital e que têm estado à altura da função a que se propõem: desinfetar e purificar o ar em no espaço de contenção. Membros do Hospital da Senhora da Oliveira em Guimarães avaliam o equipamento com 9.7, numa escala de 0 a 10.

A distribuição dos equipamentos é feita entre o internamento, onde há dois purificadores; a sala que liga os blocos de partos, com um purificador, e o hospital de campanha, recentemente montado, com dois equipamentos. Distribuição esta que pode ser alterada a qualquer momento em função das necessidades, já que o equipamento é portátil.

 … extrema mobilidade, com dimensões que permitem a sua acomodação a qualquer “canto”, operando com impacto acústico mínimo, com um nível de ruído nunca superior “a um simples ar condicionado doméstico”.

O hospital tem Unidades de Tratamento de AR (UTAs) com mais de 30 anos, comuns a vários serviços, com recuperação de energia através de fluxos cruzados. A solução para a purificação teria de garantir a qualidade do ar interior, mas ser, ao mesmo tempo, de fácil implementação técnica, como descreve Severino Carvalho, o responsável pela manutenção do AVAC do Hospital da Senhora da Oliveira, em Guimarães.

Severino Carvalho refere que este tipo de equipamento faz toda a diferença e que, embora não exista uma “educação para a qualidade do ar interior” e as pessoas estejam preocupadas com o “agora”, está certo de terem equipado o hospital para o futuro, pois “o ar precisa de estar limpo sempre”. O responsável pela manutenção refere ainda como fatores relevantes a ter em conta na aquisição a garantia de estanquicidade – do equipamento e dos filtros HEPA – a juntar à sua extrema mobilidade, com dimensões que permitem a sua acomodação a qualquer “canto”, operando com impacto acústico mínimo, com um nível de ruído nunca superior “a um simples ar condicionado doméstico”.

ao vê-lo funcionar, recomendo a toda a gente… a reação dos profissionais de saúde não podia ser mais positiva. Sabem que vão entrar num ambiente controlado e confortável, e por isso sentem-se mais confiantes.

A uma avaliação inicial do equipamento, Severino Carvalho juntou a curiosidade pela capacidade de construção do dispositivo. A trabalhar no hospital cinco dias por semana, só pôde emitir o seu parecer técnico com a “máquina in loco”: “ao vê-lo funcionar, recomendo a toda a gente”. De resto, a “reação dos profissionais de saúde não podia ser mais positiva. Sabem que vão entrar num ambiente controlado e confortável, e por isso sentem-se mais confiantes”.

Refira-se ainda que o NPS® CC Optimal chegou ao conhecimento dos profissionais do Hospital de Guimarães através do Eng.º Norberto Presa Perito em Qualidade do Ar Interior e Energia Sócio Gerente da empresa Climacom Assistência Técnica de Climatização Lda.,que transmitiu “muita confiança” depois de uma avaliação técnica do equipamento.

O NPS® CC Optimal é mais um dos frutos do investimento em investigação e desenvolvimento levada a cabo pela OCRAM na última década na área da purificação do ar.

Deixe um comentárioLeave a commentLaissez un commentaireEfterlad en kommentar

Name*

Website

Comentário